domingo, 31 de março de 2013

Mousse de Chocolate Diferente





Já está se sentindo culpado pelos milhões de bombons e pedacinhos de ovo de páscoa que você já comeu? Mas chocolate é tão bom, né? Que tal deixar de lado a gordura saturada dos chocolates tradicionais e partir pra gordura monoinsaturada, mas sem deixar o gosto bom do cacau de lado?

Esse mousse é de cacau com abacate! 

Além de diferente é extremamente fácil, nem para o fogão vai!

Ingredientes:

  • 1 abacate médio maduro
  • 1/4 de xícara de cacau em pó
  • 1/4 de xícara de mel
  • 1 colher de chá de essência de baunilha
  • 1 dose de rum (opcional)


Corte o abacate, retire o carroço e raspe a poupa em um um recipiente. Amasse bem.
Acrescente cacau e mel aos poucos, mexendo bem para deixar a mistura homogênea.
Depois, adicione a essência de baunilha e o rum. Pronto!
Usei maçã para enfeitar, mas você pode optar pela fruta que quiser.

Leve a geladeira por no mínimo 2 horas. Vai ficar com textura, cara e gosto de mousse.

ps: Como "médio" e "grande" são medidas impercisas, se achar que tem pouco cacau, ou que foi pouco mel, não custa nada dar uma provadinha antes para acertar as medidas ;)





segunda-feira, 25 de março de 2013

Carne assada com cacau




Pra começar o nosso Especial do Chocolate (comemorando a parte mais gorda do espírito de Páscoa) resolvemos começar com uma receita que não tem nada de doce, mas tudo de gostosa! Sim, eu sei que a combinação parece estranha, mas confiem em mim até o final, queridos leitores, e garanto que não se arrependerão.
Eu não encontrei praticamente nenhuma referência de uma receita dessa na internet, então essa é uma receita 100% original (e maluca) do Me Passa o Cardápio!
Você vai precisar de:
  • 1,5 kg de carne (eu usei uma peça de maminha que funcionou muito bem, mais comentários à frente)
  • 4 colheres de chá de cacau em pó [Cacau em pó é encontrado facilmente nos supermercados na parte de orgânicos, ou em lojas de produtos naturais. Não substituam por achocolatado, por favor!)
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 4 dentes de alho
  • 1 colher de chá de pimenta calabresa
  • Alecrim, sal e azeite a gosto


Não tem muito segredo nessa receita, a preparação consiste em passar os temperos (com exceção do alho) na carne, um a um, dos dois lados da peça. Corte o alho em fatias, coloque por cima da peça, e cubra a assadeira com papel alumínio (não se esqueça que o lado mais reflexivo fica pra dentro e o mais opaco pra fora) e coloque no forno pré-aquecido em fogo médio.
Deixe assando por uma hora, retire o papel alumínio e deixe por mais meia hora.
Eu fiz o teste com a maminha, e me surpreendi com a maciez do resultado final. Talvez o dedinho de gordura que eu deixei na carne (como vocês podem ver na foto) tenha ajudado nisso. O sabor fica ligeiramente agridoce, e com um toque do de cacau. O saldo é bastante positivo e eu vou incluir COM CERTEZA essa receita nos meus pratos recorrentes.

Pedro

terça-feira, 19 de março de 2013

Super porta copos

Decorar a cozinha é uma das nossas diversões favoritas! A gente pode passar horas em loja de decoração comprando utensílios diferentes, formas de gelo divertidas, copos engraçadinhos e frigideiras que com certeza vamos ter dó de usar de tão lindas.

Há alguns dias atrás nós entramos em uma, na Decorana, aqui em São Carlos e topamos com um porta copos gracinha da DC comics.
(A DC é uma editora americana de quadrinhos, ela é a "dona" da Mulher Maravilha, do Batman, do Superhomem, entre outros).




Não é lindo? E é em EVA, pra você não ter dó de usar.

Aqui vai mais alguns porta-copos bem bacanas pra você se inspirar e servir suas visitas om estilo :)







E o mais sensacional e desejável de todos, o porta-copos com a mensagem secreta:




Infelizmente esse eu não cosegui descobrir onde vende :( se você souber, compra e manda pra gente, que tal? :D

Os links para os demais estão aqui, aqui e aqui.


sexta-feira, 15 de março de 2013

Salada de feijão fradinho




Originalmente nós achamos essa receita no aplicativo para iPad do Azeite Andorinha.
É uma salada ótima pra quem tá cansado do alface, tomate e cebola de sempre. É uma boa pra esses dias quentes e é super fácil de fazer.

Ingredientes:


  • 250 g de feijão fradinho
  • 2 latas de atum
  • 1/2 cebola
  • alho à gosto (para refogar seu feijão)
  • 1/2 limão
  • coentro em pó à gosto
  • sal à gosto
  • azeite à gosto

O feijão não pode ficar muito molinho, optei por deixar o feijão na água de um dia pro outro pra não demorar muito no cozimento. Deixei um dia inteiro mesmo, com água quente e adicionando mais água quando for necessário.
Depois de um dia eu cozinhei o feijão e aí é do jeito que você preferir, eu refoguei alho, cebola e azeite e depois despejei o feijão com a água que já estava nele. Temperei somente com sal, adicionei mais água e deixei. Vá checando até chegar no ponto (lembrando que não pode ficar mole).

Depois de cozido, coloque no recipiente que vai servir e adicione o atum, o suco de meio limão, azeite, coentro e mais sal, se for necessário.

Leve a geladeira e sirva gelado.


terça-feira, 12 de março de 2013

Amazoo Açaí




Pessoal, 

Recebemos da Tetra pak em parceria com a Amazoo Açaí, esse kit com a super fruta açaí, agora em caixinha!
Pra quem ainda não sabe, o Açaí é uma fruta rica em aminoácidos, minerais e carboidratos, que combate o envelhecimento, fortalecendo o sistema cardiovascular, além de ser uma fonte netural de energia, nutritiva e saudável.

O Amazoo Açaí de caixinha pode ser consumido em qualquer lugar e a qualquer hora. A embalagem tetra pak proporciona essa praticidade, conservando as propriedades natuirais da fruta sem necessidade de conservantes e refrigeração.

Nesse kit, recebemos o Amazoo Açaí com guaraná e com morango! Sensacional!!!!!

Para mais detalhes, acesse www.amazooacai.com

Ilana

sexta-feira, 8 de março de 2013

Batata Rosti


Eu nunca tinha ouvido falar de batata rosti, até que a Lívia me mostrou um vídeo do Menos de 20 sobre o prato. Foi meio que amor à primeira vista, afinal é um prato baseado em batata, bacon e queijo. Mas afinal, o que é batata rosti?

Segundo minha pequena pesquisa, a origem da receita é suíça e tem muitas variações (como praticamente todo prato mais antigo). Originalmente é um prato de café da manhã, servido mais ou menos como uma panqueca ou de acompanhamento para outros pratos, e que leva basicamente batata. As variações estão no podem estar no tipo de batata utilizado, se ela é crua ou cozida e se é frita ou assada posteriormente, fora a as muitas possibilidades de ingrdientes adicionais. Estes são os responsáveis por dar aquele toque mais regional e único para cada receita. No nosso caso usamos uma receita bastante semelhante à que vimos no Menos de 20. Você vai precisar de:


  • 5 batatas médias
  • 4 linguiças defumadas daquelas fininhas
  • 200 g de bacon
  • Queijo parmesão ralado a gosto (e eu diria que quanto mais, melhor)
  • Erva doce, sal e pimenta do reino a gosto


Para começar, descasque as batatas e coloque-as para cozinhar. Enquanto isso, pique a linguiça e o bacon em cubinhos. As batatas não devem cozinhar muito, então quando sentir que o garfo já consegue passar facilmente da superfície da batata, é hora de desligar o fogo e tirar a batata da água. Em seguida, rale as batatas com um ralador grosso e reserve.
Frite o bacon (dica que aprendi com essa receia: colocar o bacon na frigideira fria e só depois levar pro fogão), e quando estiver bem dourado adicione a linguiça. Coloque então um pouco de erva doce, mas cuidado: a erva doce tem a tendencia de se sobrepor ao sabor das outras coisas, então não exagere.
Em seguida, misture as carnes fritas à batata ralada e a um pouco do queijo e misture bem. Após misturar, pegue um pouquinho da massa com as mão, formando uma espécie de batata e coloque numa assadeira untada com azeite. A dica é usar o queijo nesse momento pra fazer uma cama e uma cobertura para as batatas (em outras palavras: coloque um pouco embaixo e um pouco em cima). Uns 20 minutos em forno médio e estará pronta sua batata rosti.
Testem com outros ingredientes também e comentem aí como fica!

Pedro

Curiosidade: Batata rosti é tida como algo extremamente característico da parte "alemã" da Suíça. A linha que separa a parte alemã da latina é conhecida internamente como "o fosso Rosti"